sábado, 5 de novembro de 2011

Eu sempre quis ter você - capítulo 1

Rosas, eu estou viva! Õ/
 A demora era porque estava muito ocupada (e mexendo muito no computador).
VAMOS LÁ, RUMO A SEGUNDA PARTE DA HISTÓRIAAAAA! Espero que gostem
_________________________________________________________________________


                             Cap. 1 -  Rosas no jardim

E mais um dia se iniciava. Todos animados pelo fim de semana. Exceto, é claro, os personagens desta história. O dia anterior fora cansativo e frustrante para quase todos, menos para Nicholas Jonas, Miley Cyrus e Zachary Efron. Quem diria que um baile que poderia ser emocionante se tornaria um dos piores dias das vidas de algumas pessoas?
Mas não vamos tomar um rumo deprimente e cansativo. Há sempre bons momentos e, consequentemente, os ruins. E essa é a vida. Ninguém pode impedir que esse tipo de coisa aconteça.

Nick: E então? Pronto, podemos sair? - gritava com tom de cansaço.

Da escada saiu Miley Cyrus, namorada de Nick. Haviam começado o namoro no dia anterior.

Miley: Sim, Nick - sorriu furiosa para ele - Nós podemos sair.
Nick: Bom, Mil, se estiver estressada pode ficar aqui.
Miley: Não, Nicholas. Eu não me arrumei pra ficar em casa. Nós podemos sair - repetiu.
Nick: Foi uma sugestão, apenas isso. Vamos?
Miley: Vamos, antes que o "Romeu" aqui perca o romance que ele tem - disse, sarcástica.

Nick suspirou fundo e olhou para Miley.

Miley: BRINCADEIRAAAA! Eu não sou chata assiiiim! - sorriu, e pegou na mão do garoto - Vamos?
Nick: Vamos - sorriu, e foi passear com Miley.

                                                ***************

Gina: Vanessa? Vanessa, Selena e Demetria estão te esperando! Vá logo!
Van: AAAAH EU JÁ TÔ INDO! Falta só o meu tênissss... - esperou um minuto, pondo seus calçados - PRONTA, PRONTISSÍMA, PRONTA PARA ARRASAR!

Desceu as escadas eufórica e encontrou suas melhores amigas arrumadas.

Van: Estou pronta pra ver o ensaio, Demi, Selly. Let's go!

Todas sorriram, se despediram de Gina e entraram em uma limousine branca enorme.

Motorista: Olá, Demi, Selena. Quem é essa? - perguntou, olhando para Vanessa.
Sel: Vanessa Hudgens. Chame-a pelo sobrenome, aí ela fica estressada! - sorriu.

Todas sentaram no banco claro do automóvel, e foram ao teatro rindo e conversando.

                                              ***************

Zac: Joe, cadê a Demetria?
Joe: Eu não tenho bola de cristal. E se tivesse uma, seria gay.
Zac: Mas você tem um CELULAR, sabe?!
Joe: Não! - disse sarcástico, e riu.

Naquele mesmo momento Demetria, Vanessa e Selena apareceram no teatro, sérias.

Zac: O que foi?
Joe: AAAAH! Deus, obrigado! Finalmente vocês chegaram!
Van: A demora foi do motorista...
Sel: Na verdade, foi sua - interrompeu, cochichando.
Demi: Bom, estamos sérias porque Miley vai cantar no meu show.
Joe: E...?
Van: O problema é que Demi disse que, quando Miley era criança, tinha uma voz horrível.
Demi: E eu não quero uma pessoa que canta horrivelmente mal no meu show! O público não vai gostar!
Zac: Espera aí. Quem disse que ela vai vir cantar?
Sel: O motorista.
Joe: Até onde eu saiba, ele não é organizador do show.
Van: Mas ele não sabia o que dizer, e respondeu "sim"! Não podemos desmarcar, ela ficará triste com a gente! Ligou pra mim dizendo que o dia dela não podia estar melhor, e também agradeceu milhares de vezes!
Sel: E ela está namorando o Nick.
Joe: Bom, por mim tanto faz. Ela pode cantar.

O teatro ficou em silêncio absoluto. Até que pediram para Joe e Demi começarem a ensaiar. Zac, Vanessa e Selena sentaram-se em algumas poltronas.
O ensaio foi bom e calmo, ao contrário do anterior. Demetria e Joseph foram muito elogiados por todos, e os cinco amigos saíram do local juntos.

Joe, Zac, Van e Selly já haviam ido embora. Quando Demi saiu do carro, abriu o portão de sua casa, entrou lá dentro e tomou banho. Depois, foi até o jardim e sentou-se no velho balanço comprado há muito tempo. E ficou lá, refletindo sobre a vida. Pensando em respostas para perguntas impossíveis. "Será que há um Deus? Existe céu, inferno? Como será minha morte? Como serei no futuro? Terei filhos? Vou me casar?". E foi nesse momento que encontrou à sua frente seis rosas vermelhas, em um vaso branco. Desceu do brinquedo e foi, preocupadissíma, ver o bilhete que havia no meio das flores.

Desculpe-me se em algum momento te aborreci.
Quando a última rosa morrer, meu amor por você acabará.
Ou seja, nunca... Há uma rosa de plástico aqui.
Encontre-me na sala de música, na escola, segunda-feira, no horário de almoço.

Sentou-se novamente no balanço, e começou a tentar encontrar respostas de novo. Mas desta vez, era sobre o bilhete... Quem o teria mandado?
Isso só descobriria na segunda-feira.

______________________________________________________________

Amores não vou responder os coments, é muita lição pra fazer não dará tempo :s

Adolu vocês leitoras *-----*
Bju

                                                
                                                              

 

4 comentários:

  1. Adorei o capitulo!
    Adorei essa parte:
    "Joe: Eu não tenho bola de cristal. E se tivesse uma, seria gay.
    Zac: Mas você tem um CELULAR, sabe?!"
    Essas perguntas que a Demi fez, me fez lembrar das minhas aulas de Filosofia: "Será que há um Deus? Existe céu, inferno? Como será minha morte? Como serei no futuro? Terei filhos? Vou me casar?". :D
    Posta logo!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  2. Há um selo para vc no meu blog.
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  3. Vc não faz anos neste mês? É que se for ao seu perfil diz lá que vc é de signo escorpião e esse signo vai de finais de outubro a setembro.
    De qualquer forma, Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Ain quem será q mandou o bilhete pra ela?

    Que romanticooo!
    ISa eu voltei pra cá amore! Estava com saudadesss! Desculpa esse tempo todo sem comentar aki, mas vc sumiu girl! What happened?
    Ok Ok


    AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA dancinha feliz

    Estou feliz por tê-la encontrado novamente. Diana tem razão essas perguntas de Demi foram mt filosoficas kkkk

    Obg pelo selinho fofa!

    ResponderExcluir

O que achou?
Odiou, amou, achou que podia ter sido melhor...
Fala aí!
Isa ♥